04/08/2006

rampa

"... existe uma forma natural de estar na vida: é vivê-la, vicenciar momento a momento o que nos é concedido partilhar com o Universo e este connosco... porém, nem sempre é fácil e a vida não é tanto aquilo que desejaríamos que fosse e, por vezes, desperta o desespero, a inquietação, a ambiguidade, a incerteza, a negativa forma de se viver a vida... mas talvez esta forma negativa seja o contraponto da positiva forma de se estar nela; talvez só assim se consiga viver, ou seja, num equilíbrio de formas, de estilos, de forças e de quedas, de dores, de angústias... a vida é um conjunto enorme de imensas coisas que não conseguimos ter ou sentir na sua totalidade; uns têm uma forma de vida, outros têm outra forma; somos diferentes ainda que iguais ou somos idênticos ainda que diferentes... e, às vezes, também eu próprio tenho as minhas alegrias e em termos de equilíbrio tenho, por vezes, as minhas tristezas... talvez a vida seja mesmo isso e sabermos, quando estamos alegres, que a tristeza também existe e que quando estamos tristes sabermos sorrir porque temos a consciência que a alegria também é um facto... vivemos, assim, numa balança instável de emoções, a tal forma binária dos dias "zero" e dos dias "um" fazendo de nós um pouco a forma como trabalham os computadores... talvez sejamos também um deles com algo mais cá dentro: uma Alma, um Espírito, um Coração, um Amor, um Desejo, uma Sensação de sermos o que somos e que podemos ser felizes mesmo quando estamos infelizes; que podemos sorrir mesmo quando se chora... faz bem e é preciso gritar às vezes... não pensem que tudo são rosas: elas são belas porque têm espinhos. A vida é bela porque existem gargalhadas e lágrimas, porque existe o doce e o amargo, porque existe o poder para mudarmos sempre que quisermos e fazermos de um dia "zero" a rampa de lançamento para um dia "um"... hoje, vesti o meu fato espacial e estou na rampa de lançamento... a contagem decrescente continua e a mudança está ali à minha espera, num abraço, num beijo quente, num doce sabor a tudo, no "um" completo que me faz feliz... também vos desejo a todos esse dia um..."

7 comentários:

  1. Postaste às 11:11. Sei que o fizeste propositadamente, conhecendo-te o fascínio pelos números :)
    E vejo, nessa sequência numérica, o sorriso sereno de quem superou mais um dia "zero".

    Beijinho doce para a viagem! :)*

    ResponderEliminar
  2. Boas Férias ou
    bom descanso Amigo Lobices!

    ;-)
    Beijinho GRande
    Até mt breve!

    ResponderEliminar
  3. Belíssimo texto, Quim!
    Continuo a ser uma grande admiradora:) dessa tua forma de veres a vida.
    Bom fim-de-semana extensivo à doce rosa doce:)
    Beijinhos aos dois.

    ResponderEliminar
  4. Ola amigo, mais uma vez fiquei deliciada com tanta melguice num bom bom texto. bom fim de semana com rosas (Rosa) sempre. bjs bjs
    (iniciei visitas aqui pelo lobices agora ja venho tb pelas rosas)

    ResponderEliminar
  5. Um dia zero em busca da rampa ....um dia um que promete todos os riscos e avanços. Viver para começar...um excelente fim de semana Lobo

    ResponderEliminar
  6. eu amo visitar us blogs
    as vezes perco o dia inteiro lendo blogs e hj estou a quase 3 horas lendo seu blog mas eu naum costumo comentar e resolvi comentar no seu blog eh lindu ...
    meus parabéns
    meus cumprimentos
    receba meus aplausos
    por um belo trabalho
    da alma
    beijos

    ah
    visite meu flog
    http://fotolog.terra.com.br/malu_79
    www.vibeflog.com.br/malu79

    ResponderEliminar
  7. Querido quim, admiro a forma inteligente como usas as palavras para transportar as tuas emoções para o blog. Apesar da caminhada nem sempre fácil da tua vida, continuas a resistir, a lutar e
    a dar força a quem te lê.

    Beijinhos grande amigo.

    ResponderEliminar